Top 8 Filmes {os mais desejados}

Sempre ando fazendo uma listinha dos filmes que quero assistir, porque quando rola aquele tempinho livre, ou aquele momento que a preguiça pega de jeito, já tenho o que fazer. Tenho uma mania de anotar o nome dos filmes dos trailers que gosto quando vou ao cinema para não esquecer, pois já deixei de ver vários filmes muito bons porque caíram no esquecimento. Então vai aqui uma listinha com os oito filmes que mais desejo assistir.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

1. O GAROTO DA CASA AO LADOThe Boy Next Door (Dirigido por Rob Cohen)

Após ser traída pelo marido, a professora Claire Peterson (Jennifer Lopez) está em vias de se divorciar. Ela vive sozinha com o filho adolescente, até perceber que um jovem acaba de se mudar para a casa ao lado. O sedutor Noah Sandborn (Ryan Guzman) rapidamente oferece ajuda nas tarefas da casa e se torna o melhor amigo do filho de Claire. Aos poucos, o vizinho passa a seduzi-la, levando a uma noite de amor entre os dois. No dia seguinte, a professora está decidida que tudo foi apenas um erro, mas Noah não pretende abandoná-la tão cedo. O caso de amor torna-se uma perigosa obsessão.

     2. O HOMEM IRRACIONAL Irrational Man (Dirigido por Woody Allen)

Em crise existencial, o professor de filosofia Abe Lucas (Joaquin Phoenix) chega para lecionar em uma pequena cidade dos Estados Unidos. Logo uma de suas alunas, Jill (Emma Stone), se aproxima dele devido ao fascínio que sente pelo seu intelecto, além da tristeza que sempre carrega consigo. Simultaneamente, ele é alvo de Rita (Parker Posey), uma professora casada que tenta ter um caso com ele. A vida começa a melhorar para Abe quando, numa ida à lanchonete com Jill, ouve a conversa de uma desconhecida sobre a perda da guarda do filho devido à uma decisão do juiz Spangler (Tom Kemp). Abe logo começa a idealizar o assassinato de Spangler e como, por ser um completo desconhecido, jamais seria descoberto.

     3. EVERY SECRET THING (Dirigido por Amy Berg)

Ainda assombrada por um caso de desaparecimento não solucionado que resultou em um homicídio infantil oito anos atrás, a Inspetora Nancy Porter (Elizabeth Banks) tem novamente em mãos a investigação do sumiço de uma criança. Ronnie (Dakota Fanning) e Alice (Danielle Macdonald), culpadas pelo crime antigo, acabaram de sair do centro de detenção juvenil e são as principais suspeitas. Junto com seu parceiro (Nate Parker), Nancy corre contra o tempo para que a história não se repita.

    4. SOB O MESMO CÉU – Aloha (Dirigido por Cameron Crowe)

Após fracassar em uma missão, o militar Brian Gilcrest (Bradley Cooper) é enviado de volta para o Havaí, sua terra natal, para supervisionar o lançamento de um satélite. Lá, ele se reaproxima de um amor do passado (Rachel McAdams), ao mesmo tempo que começa a se apaixonar por uma piloto da Força Aérea (Emma Stone).

    5. CAKE – UMA RAZÃO PARA VIVER – Cake (Dirigido por Daniel Barnz)

 

Claire Simmons (Jennifer Aniston) é uma mulher traumatizada e depressiva, que busca ajuda em um grupo para pessoas com dores crônicas. Lá, ela descobre o suicídio de um dos membros do grupo, Nina (Anna Kendrick). Claire fica obcecada pela história desta mulher, e começa a investigar a sua vida. Aos poucos, começa a desenvolver uma relação inesperada com o ex-marido de Nina, Roy (Sam Worthington).

     6. BIRDMAN (Dirigido por Alejandro González Iñárritu)

No passado, Riggan Thomson (Michael Keaton) fez muito sucesso interpretando o Birdman, um super-herói que se tornou um ícone cultural. Entretanto, desde que se recusou a estrelar o quarto filme com o personagem sua carreira começou a decair. Em busca da fama perdida e também do reconhecimento como ator, ele decide dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway. Entretanto, em meio aos ensaios com o elenco formado por Mike Shiner (Edward Norton), Lesley (Naomi Watts) e Laura (Andrea Riseborough), Riggan precisa lidar com seu agente Brandon (Zach Galifianakis) e ainda uma estranha voz que insiste em permanecer em sua mente.

     7. BOYHOOD (Dirigido por Richard Linklater)

O filme conta a história de um casal de pais divorciados (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo.

     8. PARA SEMPRE ALICE Still Alice (Dirigido por Richard Glatzer e Wash Westmoreland)

A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

É isso gente, por ora esses são os filmes. Sei que depois aparecerão outros dos tempos perdidos de quando eu não fazia a listinha (por sinal, minha vida é cheia de listas ultimamente, vocês vão ver) e também aparecerão outros que ainda não descobri e/ou serão lançados no futuro.

Obs. 1: Não sei se vocês perceberam, mas eu pus em negrito um ou dois nomes de atores em cada sinopse, e isso é só uma pequena mania minha para destacar os atores que já me conquistaram porque fizeram/fazem parte de alguma produção que ficou guardada no meu coração. E um grande exemplo dessa lista de hoje é a maravilhosa Emma Stone. Ela faz parte do elenco de três dos oito filmes aí de cima (dois como protagonista e em Birdman como secundária/terciária – tanto é que nem aparece o nome dela na sinopse desse). E esse amor por ela começou quando assisti Easy A, um filminho velhinho (de 2010), mas que eu adorei, tanto a história quanto a atuação dela. Se quiserem, fica como mais uma dica!

Obs. 2: Uma outra mania, que incrivelmente só comecei a ter enquanto escrevia esse post, foi colocar o nome dos diretores ao lado do nome do filme. E só me dei conta da necessidade de colocar depois que vi que Woody Allen fazia parte dessa lista. Portanto, seu nome não podia ficar de fora da lista, e seria maldade com os demais diretores só citar o Woody.

Iaí? Gostaram das dicas? Se já assistiram algum desses comentem aqui o que acharam, ou se também possuem o mesmo desejo de ver algum, fala aqui também! Amo compartilhar bons gostos!

Anúncios